RE RE Renascentismo (foto reinventado)

Talvez o renascimento seja o momento cultural mais venerado e reconhecido da nossa produção artística universal. A grande maioria das pessoas sabem muito bem quem foram Sandro BOTTICELLI, RAFAEL Sânzio, MICHELANGELO e Leonardo DA VINCI. E assim será por muito tempo, afinal é inegável a contribuição para os mais diversos ramos da arte, com especial atenção a pintura e escultura.

Hoje o consagrado momento artístico está reinventado de diversas formas, só que o registro agora vem através da fotografia, que sequer existia nos áureos tempos da Renascença (a fotografia começa a engatinhar somente 3 séculos depois).

Vamos registrar dois artistas contemporâneos que se destacam fazendo sua arte com irreverência e criatividade ímpar: o francês Sacha Goldberger e a colombiana Adriana Duque.

ad1 ad2

ad3 ad6 ad7

by_Adriana_Duque ad8 ad4

Adriana Duque (fotos acima) é uma artista e fotógrafa que explora o conceito de infância em seu trabalho, suas fotografias conceituais usam da imagem de crianças em conjuntos com o estilo barroco: figurinos adornados e pomposos, joias incrustadas e o anacronismo do uso de fones de ouvido dão um toque peculiar a sua obra. Segundo a artista – a imagem da criança representa uma arte ainda imatura, que tenta crescer, mas permanece ligada a um início artificialmente barroco, o ato de vestir e adornar a criança demonstram a falta de poder da mesma, que não questiona, com fones de ouvido silencia todos os sons críticos e mantém seu olhar para a câmera sem ver, no fundo, o verdadeiro, simples interior de uma casa real. Suas fotos já chamaram a atenção dos brasileiros na última SP-Arte/Foto e, a pouco, a artista esteve com sua uma exposição na Zipper Galeria (São Paulo). São séries que fazem alusão a retratos da Renascença, pinturas holandesas do século 17, tudo com muito drama, em retratos contidos e, por algumas vezes, perversos, com modelos infantis seríssimas em cenários bem rebuscados. A ideia da artista é trazer à tona a história colombiana e sua colonização espanhola. Confira as imagens fortes e impactantes. Seu trabalho já povoa alguns ambientes brasileiros como peças de destaque da decoração.

adri

Já o fotógrafo francês Sacha Goldberger, criou um ensaio de fotos em que imagina alguns dos super-heróis, princesas da Disney e vilões ao ambiente renascentista do século XVI. Na série ‘Super Flamands’, o mais impressionante das imagens é que os personagens não estão “photoshopados”. Apenas com maquiagem e iluminação, os trajes dos super-heróis, que conseguem ser fieis tanto ao herói quando ao período histórico, são modernos e ao mesmo tempo retrô. As roupas utilizadas pelos modelos foram desenvolvidas manualmente, o que torna, por exemplo, personagens como a Mulher Maravilha e Wolverine realistas. Impressionante… é o que podemos dizer da série original de Goldberger. Ele se perguntou como ícones da cultura pop seriam se vivessem no século XVI. O resultado é incrível, onde nossos personagens favoritos se tornam duques renascentistas.

SuperHerosFlamands_Joker_RGB1998_006-copy SuperHerosFlamands_Batman_Robin_026-copy

SuperHerosFlamands_Ironman_RGB1998_011 hk SuperHerosFlamands_Superman_RGB1998_031 SuperHérosFlamands_Wonderwoman_21 15_07_13_Super-Héros-Flamands-_04_Wolverine_0194_04 Convention_STBENOIST_STORMTROOPER30343_06 15_07_13_Super-Héros-Flamands-_21_darkvador_1293_05 untitled4 untitled

Anúncios